Tchau 2015, hello 2016!

O famigerado 2015 foi-se, acabou-se, deu-se, esgotou-se. Vi e ouvi muitos reclamando. Ano bosta, vai tarde… eles disseram. Parei e pensei: 365 dias são capazes de ser tão ruim assim? Será que 5 dias ruins conseguem estragar um ano inteiro?

Tive sorte de ter um bom 2015. Um ano de auto-descobrimento total. Para início de conversa, não me pesei nenhuma vez se quer. Com isso, tive muitos menos momentos para importar com o meu peso. Resolvi ir de contramão e aceitar que eu tenho biotipo diferente das minhas amigas, por mais que eu fique 300 horas sem comer, não vou ter vestir um 36. E isso não é um discurso de perdedora, de “ah, tá bom do jeito que está”. Foram muitos anos de conversa com amigos, médicos e afins. A pressão está ok, glicose não é uma preocupação e apêndice não tenho mais. Então é nessa parte que eu descobri que gosto mesmo é de comer e que as lojas não gostam de vender shorts 44. E sutiãs 48 são raríssimos.

Descobri também que, por mais que eu tente, eu não tenho tempo para exercícios agora. Não adianta procurar atividades legais e divertidas porque eu não tenho tempo. Quando a faculdade acabar, eu penso nisso. Por enquanto, vou correndo atrás das classificações de assuntos e normas da abnt.

Em 2015, uma boa parte do meu salário foi para pagar shows. Ah, como eu fui em shows. Teve Jason Mraz, Queen, Rihanna, Ultraje a Rigor, Sam Smith, Pedra Letícia e um monte de gente. Descobri que não ligo de gastar dinheiro com entretenimento.

Biblioteconomia é o que eu quero pra mim. Descobri que, caraca, gosto muito desse universo de informação, organização e tudo mais. E que, há espaço para mim e para as minhas loucuras esvoaçantes por lá também. Até criei um blog e tive ideia inovadora para o TCC.

Não sou de fazer planos. Gostam das coisas que acontecem. Aliás, sou tão péssima com planos que o primeiro de 2016 já furou. Cancelei as reservas pra SP e com os amigos, porque mais uma vez não controlei o cartão de crédito. Espero que em 2016 eu não tome tanto na cara e aprenda a gerenciar meu tempo e dinheiro. E como diz Jout Jout, eu sou um mar de possibilidades, em 2016 eu posso ser o que eu quiser.

 

 

Anúncios

2 comentários sobre “Tchau 2015, hello 2016!

  1. Acho que eu posso dizer que 2015 foi um ano muito bom pra mim, nós voltamos a nos reencontrar, trabalhar juntas novamente, mesmo que seja “virtualmente” e eu pude me aproximar mais de você e ter certeza absoluta: essa menina tem talento! HAHAHAHA

    Não estou puxando saco nem nada, nossos papos e ideias conjuntas, (que só a gente sabe! altas tretas HAHAHAHA) podem provar tudo isso!

    Uma coisa que me deixa muito feliz é saber que hoje em dia você ama o que faz, que se encontrou na Biblioteconomia e que seu trabalho tem gerado bons frutos e incentivos pra toda a equipe. Fico feliz 2 vezes, pois antes de você sair do nosso antigo estágio, você comentava que não gostava muito da profissão, algo assim, lembra? E eu sempre penso e digo aos meus amigos: Não! Você ainda não se encontrou na profissão! É diferente… E deu no que deu né? Eu estava certa!

    Muito bom fazer parte desse seu momento de descoberta, mesmo que um pouquinho tarde.

    E sobre a viagem pra SP, é só um detalhe… melhor dizer que adiamos! ❤

    Curtir

    1. Caraca, Samara! Acho que tem olho na minha lágrima. Eu que fico feliz de você ter (re)aparecido aqui. Sempre me salvando no chat, compartilhando sobre a sua vida, suas ideias maravilhosas e seus devaneios. Agradeço tanto, tanto mesmo, por ter amigos que me incentivam e por você ter sempre tempo e disposição para conversar, debater e flutuar. Muito obrigada por tudo M E S M O! Você é 10! E SP é logo ali, daqui a pouco estamos lá ❤

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s